O retrato da igreja em nossos dias é desalentador e melancólico, isto por causa de uma famigerada dicotomia: os que estudam a hermenê...

O retrato da igreja

1 Comentários

O retrato da igreja em nossos dias é desalentador e melancólico, isto por causa de uma famigerada dicotomia: os que estudam a hermenêutica da Bíblia versus os que não estudam, mas se acham “ungidos” para impetrar determinadas “profetadas”. Para os que se dedicam apenas aos estudos da hermenêutica bíblica sem o uso da piedade, acabam se esquecendo de praticar a misericórdia e o amor de Deus para o próximo e possibilitando assim, uma vida omissa e permissiva de uma “teologia” antropocêntrica e falsa moralista. E para aqueles que sem nenhuma base de interpretação bíblica surgem impetrando “profetadas” e mais “profetadas” com o subterfúgio de que é “ungido de Deus” e assim deve ser ouvido e respeitado na comunidade que se encontra, resulta numa verdadeira catástrofe, pois faz o uso de um versículo fora de seu contexto prejudicando toda uma sistemática bíblica. Portanto, o reflexo da igreja que é doutrinada por uma “teologia” antropocêntrica, sem o uso da piedade, misericórdia e amor de Deus resulta numa “teologia” efêmera e de moral fajuta.

Quando fomos comissionadas por Deus antes da fundação do mundo e antes mesmo de sermos geradas no ventre de nossa mãe, o Senhor já nos conhecia (Salmos 139) e para isso fomos delegadas a santidade, indo com propriedade pregar o maravilhoso evangelho de Jesus Cristo. Tendo consciência de que somos o sal da Terra e luz do mundo (Mateus 5.13) e assim não se moldar ao caráter desse mundo vil, mas transformá-lo pela renovação de nossas mentes para que venhamos a desfrutar da boa, agradável e perfeita vontade de nosso Deus (Romanos 12.2). E para isso ocorrer é necessário que venhamos a repudiar a dicotomia supramencionada, pois, como servas participantes do sofrimento de Cristo (1 Pedro 4.13) devemos estar arraigadas nos fundamentos das Sagradas Escrituras e revestidas de misericórdia para com os outros, assim como nosso Pai é misericordioso para convosco (Lucas 6.36).

Deus propõe ao seu povo uma vida de obediência devota, ou seja, todo aquele que conhece a mensagem da Cruz ensanguentada deve ansiar por ser imitador de Cristo, pois, Ele nos fez seus filhos amados (Efésios 5.1). Todavia, o retrato da igreja no mundo é disfótico, isto porque as heresias, os falsos mestres, a insensatez e as superstições denigrem e pervertem o evangelho Redentor de Jesus. Promovendo dessa maneira, a ridicularização em reproduzir de forma errônea os preceitos de Deus. Entretanto, creio que o Senhor pode reverter esse quadro em que estamos e para isso é indispensável que nós, sua noiva, rasguemos os corações diante do altar de nosso Deus, para que Ele derrame força e vigor em nossas vidas e assim venhamos a refutar com autoridade que há em sua santa Palavra o que Deus requer de nós. E para isso cito algumas recomendações para que a igreja não seja ridicularizada por falta de conhecimento.

1-Ser imitadora de Cristo
Quando Deus nos delegou a santidade nos predestinou para sermos suas filhas amadas e assim devemos seguir seus passos, andando no mesmo amor que Cristo andou, pois, nos amou e se entregou por nós a Deus como oferta de sacrifício com aroma suave (Efésios 5.1) Cristo nos amou primeiro e nos fez participantes de seu sofrimento e hoje não vivemos para nós mesmos, mas para glorificar o primogênito de Deus por meio de seu ato amoroso e assim nossa caminha deve refletir seu amor altruísta.

2- Ser misericordiosa
“Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.” (Lucas 6:36). Esse sentimento de caridade que o Senhor tem para conosco é o mesmo a ser praticado entre nós, isto porque “Ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade” (Joel 2.13). Não deixem a arrogância e a soberba ofuscar uma vida que agrade a Deus, mas seja misericordiosa para com aquele que diferentemente de você não foi alcançada pela Graça imerecida do Senhor, portanto, ame e ore por eles que não possui esse entendimento.

3-Tenha conhecimento da Palavra de Deus
Deus procura verdadeiros adoradores que adorem o Pai em Espírito e em verdade (João 4.23). O fruto da desobediência foi o pecado e assim estávamos mortos em delitos e pecado (Efésios 2.1) Todavia, a graça imerecida nos alcançou e assim vivemos para glorificar o Senhor que nos deu a vida eterna por meio de seu filho Jesus Cristo. Portanto, como servas remidas pelo sangue do Cordeiro, para refutarmos as heresias, insensatez e superstições é necessário destruímos raciocínios e toda arrogância que se ergue contra o conhecimento de Deus, levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo (2 Coríntios 10:5).

Por conseguinte, para que a igreja não padeça de desconhecimento das Sagradas Escrituras é indispensável que seu retrato traga as marcas de Cristo na vida de cada um que a compõe, somos a noiva de Cristo e, portanto fomos delegadas para propagar seu verdadeiro Evangelho que se encontra nos escritos dos profetas, apóstolos e nas cartas contidas unicamente no Cânon da Bíblia. Queridas irmãs, tenham em mente que Deus não se impressiona com uma espiritualidade cênica, mas um coração contrito e quebrantado não será desprezado (Salmos 51.17). Aprofundem-se nos princípios de Cristo, sejam misericordiosas com o próximo e vivam para obedecer e agradar ao Senhor que te resgatou da morte para vida eterna por meio do Cordeiro de Deus, mostrando dessa maneira o verdadeiro retrato da igreja de Jesus Cristo.

“Que vocês sejam mulheres do Livro, que amem, estudem e obedeçam a Bíblia em cada área do seu ensino. Que a  meditação sobre a verdade bíblica possa ser a fonte de esperança e fé. E que vocês continuem a crescer em entendimento através de todos os capítulos de sua vida, nunca pensando que o estudo e o crescimento são apenas para os outros.” (Jonh Piper)


Mysia Rebeca



Você também pode gostar

Um comentário:

  1. Parabéns um ótimo texto principalmente nos dias em que vivemos.Onde se tem distorcido o verdadeiro papel da igreja.Deus abençoe vcs.

    ResponderExcluir

Receba nossas postagens