“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.”...

Servir: Saia da posição de espectadora e entre em campo

0 Comentários


“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mateus 5:16
A maioria de nós deseja ter uma vida com propósitos. Desejamos conhecer algo maior e melhor que nós mesmas, sendo capazes de mergulharmos sem reservas em uma causa que consideramos digna. Sendo assim, em nosso coração é alimentado o desejo de servir e ser útil na igreja, e nos voluntariamos com o objetivo de obedecer ao chamado de Deus para sermos servas de todos. Contudo, com o passar dos tempos somos bombardeadas por mensagens de uma cultura egocêntrica, cuja verdade é relativizada e o deleite é unicamente voltado ao hedonismo. Diante dessa situação, nossa alma fica abatida e confusa, o que pode gerar consequências catastróficas. Assim, a partir do momento em que esse tipo de mensagem começar a exercer algum tipo de influência em nossas vidas, a estrutura do voluntariado da igreja ficará fragilizada, os líderes dos departamentos ficarão sobrecarregados e os pastores ficarão desanimados com a escassez do número de voluntários.

Quando Cristo nos elegeu suas filhas, fomos comissionadas à servidão. Deus nos tornou auxiliadoras idôneas para usarmos nossos dons e talentos na sua casa para engrandecimento do seu Reino. Portanto, servimos porque o Espírito Santo preencheu os nossos corações e o seu amor nos constrangeu a exercer as funções que a Bíblia nos permite para suprir e auxiliar nossos pastores e líderes. Sobre o serviço cristão, Steve Sjogren preceitua que:

“Nós amamos e servimos os outros porque esse é o comportamento normal das pessoas cheias do Espírito de Deus. Somos cristãos. Cristo foi servo por excelência. Não podemos deixar de servir, porque o Espírito do Servo encheu o nosso coração. Quando servimos, estamos apenas agindo de acordo com aquilo que naturalmente somos.”

Para servir com excelência em nossa igreja, seguindo os passos do nosso Mestre, é indispensável sair da condição de expectadora e entrar em campo, para isso destaco três aspectos importantes. São eles:

1-Torne-se uma serva fiel

“Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, (...) antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana” (Filipenses 2.5,7)

Esse versículo assevera que “Cristo tomou a forma de um escravo sem abandonar a forma de Deus. Nesse estado encarnado, ele não abandonou, mas manifestou a essência e o caráter de Deus.” Portanto, o primeiro pré-requisito para servir como Cristo é se colocar na condição de escravo. O Cordeiro de Deus quando veio ao mundo deixou toda a sua glória e manifestou um caráter de obediência e servidão. Dessa forma, também devemos seguir seus passos, tornando-nos servas fieis. Para isso, é necessário abrir mão do conforto e entrar em campo, auxiliando na igreja por meio dos nossos dons e talentos.

2-Descubra qual a sua aptidão para servir com excelência

“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas.” (1 Pedro 4:10)

Para descobrir sua aptidão no serviço cristão você precisa aceitar de todo coração a sua identidade como serva de Jesus Cristo e usar todo conhecimento que tiver a respeito da sua personalidade, suas paixões, suas áreas de interesse, seus talentos e suas preferências para orientá-la na ampla variedade de áreas para servir. Veja quais são as necessidades da sua igreja e comunidade e mergulhe sem reservas para o trabalho que o Senhor te convocou.

Tenha em mente que o desenvolvimento e utilização de seu dom podem custar certo tempo, mas não se preocupe. Durante esse período em que se dedica para descobrir sua aptidão, escolha uma equipe de sua igreja e trabalhe por um período do ano, caso tenha gostado dedique-se a ela por tempo indeterminado, caso contrário, veja outra equipe, dessa forma, você estará contribuindo para o crescimento espiritual de sua igreja e comunidade.

3-Uma vez serva, sua vida pertence unicamente a Deus.

“Quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a encontrará.” Mateus 10.39

As Sagradas Escrituras asseveram que o Senhor prometeu que nada nos faltará (Salmos 23.1), sendo assim, o versículo supracitado significa que nós, servas comissionadas por Deus, devemos ser totalmente obedientes ao Senhor, porque “todos aqueles que tiverem deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou terras, por causa do meu Nome, receberão cem vezes mais e herdarão a vida eterna.” (Mateus 19:29). Portanto, servir para obedecer ao chamado de Deus sempre muda radicalmente a nossa vida para melhor.

Por fim, para servir em nossas igrejas, auxiliando nossos pastores e líderes é imprescindível sair da posição de expectadora e entrar no campo da servidão, imitando o bom exemplo do Servo por excelência, Jesus Cristo, e então você descobrirá que todo ato de serviço feito para honrar o nome de Deus não será despercebido, nem tão pouco você ficará desamparada. Lembre-se que a vida cristã é uma vida abnegada, portanto, viva unicamente para Deus e alegre-se no serviço que Ele te convocou para realizar.

Teu caminho, Senhor, quero, o meu não,
por mais escuro que seja!
Dirige-me com Tua própria mão,
decide por onde vou.

Seja o Teu caminho áspero ou suave,
ainda será a melhor;
com curvas ou bem plano e reto vai
sempre avante, ao Teu descanso.

Não me atrevo a escolher o meu destino;
não o faria, se pudesse,
escolhe-o, meu Deus, faze-o por mim,
e então saberei por onde andar.

O majestoso reino que procuro
é Teu, daí seja Teu
o caminho, que a ele vai seguro;
por outro me perderei.

Meu cálice segura, Tua mão o encha
de alegria ou de tristeza,
como melhor aos olhos Teus pareça,
seja o meu bem ou meu mal.

Escolhe em meu lugar os meus amigos,
e minha doença ou saúde;
meus cuidados escolhe para mim,
e minha pobreza ou riqueza.

Não seja minha a escolha, nunca minha,
nas coisas grandes ou pequenas;
Sê Tu a minha Força e o meu Guia,
minha Sabedoria - meu Tudo.


Mysia Rebeca
_________________
FERGUSON B. Sinclair. Descobrindo a Vontade de Deus. p.36-37. Editora: PES
HYBELS, Bill. A Revolução do Voluntariado: Liberando o poder de cada um de nós. p.35. Editora: Vida, 2013.
GENEBRA, Bíblia de estudo. São Paulo e Barueri: Cultura cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, 1999. p.1585.



Você também pode gostar

Nenhum comentário: