Desde o dia em que foram criados, Adão e Eva viviam nus e nunca tiveram problemas com isso (Gen. 2.25), até o dia em que caíram de se...

Você não precisa estar na moda

3 Comentários

Desde o dia em que foram criados, Adão e Eva viviam nus e nunca tiveram problemas com isso (Gen. 2.25), até o dia em que caíram de seu estado original e se tornaram pecadores. O pecado trouxe vergonha e pavor, não podiam suportar os olhos de Deus contemplado-os totalmente expostos, não podiam suportar nem mesmo os olhos um do outro, por isso, tentaram se cobrir desesperadamente, mas sem êxito. Deus interviu e lhes providenciou roupas de peles, mostrando assim, que por causa do pecado, a nudez não era mais admitida para a humanidade caída (esse fato também aponta para a realidade espiritual da justiça do Cordeiro de Deus, mas não cabe abordar nesse texto).

A atitude de Deus em relação à nudez de Adão e Eva após a Queda nos orienta quanto à finalidade primária das nossas roupas: cobrir nossa nudez. Sendo assim, a primeira condição da modéstia é a decência (Em I Tim. 2.9, Paulo fala de decência ao se referir às roupas femininas). Uma mulher cristã não deve expor os encantos do seu corpo para ser cobiçado e desejado pelos homens na rua. A menos que seja casada, somente o marido deve contemplar-lhe a nudez, somente para o marido a esposa deve mostrar-lhe seus encantos mais íntimos. Portanto, não sendo no contexto do casamento, nenhuma mulher deve usar sua nudez (mesmo que parcial) para despertar desejos sexuais nos homens. Se uma mulher está vestida decentemente e ainda assim um homem tem pensamentos impuros com ela, apenas o homem cometeu pecado, mas se uma mulher está vestida de forma indecente e um homem tem com ela pensamentos imorais, os dois cometeram pecado.

A outra condição da modéstia é a discrição (conforme Paulo orienta em I Tim. 2.9). Discrição está ligada à ideia de bom senso e equilíbrio, o que denota sabedoria, discernimento em saber se vestir. Deus não nos proíbe de expressar beleza em nossas vestes, em nossa aparência, desde que isso seja feito de modo equilibrado e sensato.

Percebe por que você não precisa seguir a moda? Se a moda não está em conformidade com a orientação bíblica, você não precisa estar na moda, você não deve obedecer à moda, mas à Palavra de Deus. Você não precisa da moda para estar bonita, já se foi o tempo em que “moda” era sinônimo de beleza. A indústria da moda segue a mentalidade lasciva da nossa cultura, as propagandas, os filmes, as músicas, tudo, nos dizem que devemos ser sexy:

“Esse vestido vai te deixar sexy”
“Esse tipo de corte de cabelo é muito sexy”
“Essa cor de batom é sexy”

A ordem é uma só: Seja sexy, se vista de modo a despertar luxúria nos homens. As pessoas que ditam a moda não têm interesse na decência e na discrição, por isso, não devemos nos submeter às tendências da moda, se elas são contrárias aos princípios bíblicos.

Tenha o seu próprio estilo, seja autêntica! Você já conhece o ensino bíblico que nos orienta sobre nossas roupas, nossa aparência, aplique essas orientações ao seu estilo. Esta coluna não é para que todas nós nos vistamos de modo igual, como se todas as mulheres tivessem que gostar de estampas floridas, não! Há quem prefere tons mais sóbrios, há quem prefere tons pastel. Temos gostos diferentes, preferências diferentes, estilos diferentes, que nós não precisamos mudar, mas submeter nossos estilos ao princípio bíblico da modéstia, porque estar na moda não importa, importa obedecer e agradar a Deus.

Na próxima semana, começaremos a examinar alguns estilos: Básico, Romântico, Clássico, Criativo, Vintage...

Espero vocês!

Sonaly Soares



Você também pode gostar

3 comentários:

  1. Aguardando pela próxima semana... 😍

    ResponderExcluir
  2. Excelente reflexão! Que sejamos sábias, e procuremos a cada dia glorificar a Deus, também, através da nossa maneira de vestir!

    ResponderExcluir
  3. Excelente reflexão! Que sejamos sábias, e procuremos a cada dia glorificar a Deus, também, através da nossa maneira de vestir!

    ResponderExcluir