Nesta preciosa literatura encontramos uma fonte grandiosa de estímulo em conhecer e praticar o verdadeiro Evangelho. Tendo como autor ...

Livro: “O verdadeiro Evangelho” - Paul Washer

0 Comentários

Nesta preciosa literatura encontramos uma fonte grandiosa de estímulo em conhecer e praticar o verdadeiro Evangelho. Tendo como autor o pastor Paul Washer, ele preceitua sobre os ensinamentos das boas novas consumadas por Jesus Cristo naquela cruz. Em formato de livreto vislumbramos a união de vários sermões pautados na carta do apóstolo Paulo aos Romanos (capítulo 3). Partindo dessa premissa, o piedoso pastor começa a citar os seguintes versículos:

“Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus. Onde, pois, a jactância? Foi de todo excluída. Por que lei? Das obras? Não; pelo contrário, pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei.”Romanos 3.23-28.    
Dessa maneira, o autor entende que todo aquele que foi salvo por Cristo Jesus precisam se encontrar somente na verdade do evangelho. Assim, assevera:

“Não existe nada mais profundo e mais valioso do que as boas novas consumadas por Jesus Cristo naquela cruz. Se entendermos bem essa verdade, teremos todo o fogo de que precisamos ardendo em nosso coração, e não precisaremos mais de falsa empolgação, emocionalismo vazio ou entretenimento barato.”

 Esta obra foi traduzida pelo Blog Voltemos ao Evangelho e está divida em seis capítulos. Primeiramente, o piedoso pastor exorta os leitores a buscar por conhecer mais a respeito de Cristo e não se conformar com meras literaturas contemporâneas, mas estudar avidamente e meticulosamente a respeito do verdadeiro Evangelho.

“Eu diria a você que a nossa maior necessidade é redescobrir o evangelho de Jesus Cristo e proclamá-lo. (...) Precisamos de homens e mulheres que creiam que essa tarefa é tão grandiosa que nem todas as estratégias do mundo, à parte do evangelho, podem fazer uma única alma ser convertida. Há um poder de Deus para a salvação, e esse poder é o evangelho de Jesus Cristo (Rm 1.16).”

Posteriormente, o autor retrata a extrema pecaminosidade humana e enfatiza as palavras do apóstolo Paulo quando afirma que “todos pecaram”, ou seja, todo ser humano já nasce fruto do pecado e assim, destituídos da Glória de Deus. Como também, se questiona o porquê de muitos não caírem chorando com a profundidade dessa sentença.

“Nós erramos o alvo por completo, quer seja em obedecer à lei de Deus, em permanecer na vontade de Deus ou em glorificar o nome de Deus.”

“’Todos pecaram’. Por que não trememos diante disso? É porque não sabemos como essa é uma realidade terrível. Nós não temos consciência do quanto temos pecado, do mesmo modo como um peixe não sabe o quanto está molhado. Nós nascemos no pecado, nós fomos concebidos no pecado, nós nascemos num mundo caído em pecado e a única coisa que nós conhecemos é o pecado. As Escrituras dizem que a nossa sociedade bebe iniquidade como se fosse água.”

Concomitantemente, o piedoso pastor retrata nos capítulos seguintes a extensa depravação total do homem e do quanto precisamos do Senhor em nossas vidas, pois, somente o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, é Cristo que nos purifica e por isso devemos conhecer com profundidade a grandeza do Evangelho redentor de Cristo Jesus.

“Deus ama tudo o que é semelhante a Ele por causa de Sua absoluta perfeição; e Ele vem com ira contra tudo aquilo que contradiz a Sua natureza e vontade – e estes somos nós. Cada pessoa que já andou na face da terra tem quebrado cada lei que Deus criou. Se você não entende isso, você não entende o Cristianismo.”

Por conseguinte, ele assevera que Cristo teve que morrer para que tivéssemos a vida eterna e assim a justiça de Deus foi imputado ao seu Filho imaculado, Deus o fez pecado por nós. Cristo derramou seu próprio sangue por nossas almas.

“Para demonstrar amor, Deus teve de descartar o pecado antes, e só haveria uma forma de fazê-lo: a morte do Seu Filho unigênito.” (...) Eu quero que você entenda que é disso que se trata a vida cristã. Paulo diz em Romanos 12: “Rogo-vos”, como um pastor rogaria a um rebanho amado, “que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus” (v. 1). Contudo, Paulo não só nos ordena isso, mas nos dá a motivação para tal. Ele diz para nós oferecermos nossas vidas baseados nas “misericórdias de Deus” (v. 1). E do que ele está falando? Ele está se referindo aos 11 primeiros capítulos de Romanos, nos quais ele havia explicado tudo o que Deus fez por nós em Cristo. Ou seja, o que Paulo diz é isto: “Visto que Deus fez tudo isso em Cristo, agora ofereçam suas vidas por Ele”, de modo que, quanto mais você conhece acerca dessa cruz, mais você será inclinado a oferecer sua vida por Ele.” 

O Verdadeiro Evangelho consiste em discernir que todo ser humano é concebido em pecado, e, portanto um pecador condenado a morte eterna caso Deus não o redimir, pois, somente Cristo é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo e nos purifica por meio de seu sangue derramado na cruz do Calvário e com sua morte e ressurreição foi nos dado a Graça imerecida, que é a vida eterna com o Senhor. Portanto, esta é mais uma leitura edifique que irá te estimular em conhecer com mais profundidade sobre o verdadeiro e único evangelho, que é o do Senhor Jesus Cristo.

“Ofereça o sacrifício
– toda Criação faz o seu chamado.
Ofereça o sacrifício
– uma vida por todo o que tem pecado.
Ofereça o sacrifício
– o Inocente tem de ser morto pelos Seus.
Ofereça o sacrifício
– para trazer o Homem de volta a Deus.”  

Informações do livro:
Título: O verdadeiro Evangelho
Autor: Paul David Washer
Editora: Fiel
________________
Mysia Rebeca



Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Receba nossas postagens