Há tantas coisas em nossas vidas que gostaríamos de entender, na verdade, há questões que temos obsessão em compreender porque nos ocorr...

“Deus sabe o que está fazendo”

0 Comentários

Há tantas coisas em nossas vidas que gostaríamos de entender, na verdade, há questões que temos obsessão em compreender porque nos ocorreu, de modo que ficamos paralisadas enquanto a resposta não vem: “Por que ainda não casei?”, “Por que Deus ainda não me abençoou com um filho?”, “Por que o Senhor permitiu que meu marido perdesse o emprego se aquela era nossa única fonte de renda?”, “Por que Deus não converte minha filha?”, “Por que eu estou passando por esse sofrimento?”...

Nos sentimos inclinadas a saber a razão das nossas aflições como se o desconhecimento dos motivos aumentasse nossa dor e nos deixasse um gosto amargo no coração, chegando ao ponto de pensarmos que Deus não está sendo justo conosco ou fazendo pouco caso das nossas angústias e necessidades.

Isso nos acontece porque nos deixamos guiar pelo que sentimos e não pelo que sabemos.

O que sentimos: Dor

O que sabemos: Deus é soberano, bom, sábio, misericordioso e mais amoroso e poderoso que qualquer ser.

Mas as circunstâncias difíceis pressionam nossos corações e nos enfraquecem. Nesses períodos, mais do que em qualquer outro, precisamos nos lembrar de uma antiga verdade: “Deus sabe o que está fazendo”.

Quando Elisabeth Elliot falou sobre as circunstâncias em que seu marido foi assassinado juntamente com outros quatro missionários ao tentar evangelizar os Aucas, uma tribo indígena localizada na selva equatoriana, ela disse:

“Quanto mais velha eu fico, mais totalmente convencida sou de que Deus sabe o que está fazendo; Ele nos ama com um amor eterno e Ele quer que confiemos n’Ele”1
Somos chamadas a confiar em Deus e o testemunho das Escrituras nos assegura que Ele é sábio:

"Deus é que tem sabedoria e poder; a ele pertencem o conselho e o entendimento.” (Jó 12.13)
“ao único Deus sábio seja dada glória para todo o sempre, por meio de Jesus Cristo. Amém.” (Rm 16.27)
“Mas foi Deus quem fez a terra com o seu poder, firmou o mundo com a sua sabedoria e estendeu os céus com o seu entendimento.” (Jr 10:12)
“Quantas são as tuas obras, Senhor! Fizeste todas elas com sabedoria! A terra está cheia de seres que criaste.” (Sl 104:24)
“Por sua sabedoria o Senhor lançou os alicerces da terra, por seu entendimento fixou no lugar os céus”. (Pv 3:19)
“Sua sabedoria é profunda, seu poder é imenso. Quem tentou resistir-lhe e saiu ileso?” (Jó 9:4)
"Louvado seja o nome de Deus para todo o sempre; a sabedoria e o poder a ele pertencem.” (Daniel 2:20)
Também nos diz que Sua sabedoria é insondável:

“Será que você não sabe? Nunca ouviu falar? O Senhor é o Deus eterno, o Criador de toda a terra. Ele não se cansa nem fica exausto; sua sabedoria é insondável.” (Is 40:28)
“Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos e inescrutáveis os seus caminhos!” (Rm 11.33)
"Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos; e os meus pensamentos, mais altos do que os seus pensamentos.” (Is 55:9)
Medite em todas essas passagens e você se sentirá envergonhada e arrependida pelas vezes que questionou Deus. Isso aconteceu com Jó, que após fazer inúmeras perguntas a Deus, o Senhor lhe apareceu no meio de um redemoinho e lhe fez várias perguntas, mostrando assim o quanto Jó era ignorante e como ele estava falando do que não sabia (Jó 38). Quando Jó tomou consciência do que estava fazendo ao questionar Deus, ele se lamentou com estas palavras:

Então Jó respondeu ao Senhor:"Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Tu perguntaste: ‘Quem é esse que obscurece o meu conselho sem conhecimento?’ Certo é que falei de coisas que eu não entendia, coisas tão maravilhosas que eu não poderia saber. Tu disseste: ‘Agora escute, e eu falarei; vou fazer-lhe perguntas, e você me responderá’. Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora os meus olhos te viram. Por isso menosprezo a mim mesmo e me arrependo no pó e na cinza". (Jó 42:1-6)
C. S. Lewis colocou essa realidade de modo cativante ao escrever:

“Agora eu sei, Senhor, por que não respondes, o Senhor mesmo é a resposta; diante da tua face as perguntas desaparecem, que outra resposta seria suficiente?” 
Deus é a resposta suficiente para todas as nossas perguntas. Sua natureza, Suas obras manifestadas na criação e especialmente Sua Palavra nos revelam quem Ele é, como Ele é. A resposta para todas as perguntas que foram feitas no começo desse texto é: “Deus sabe o que está fazendo”. Volte ao início do texto, leia todas as perguntas, acrescente os seus próprios questionamentos e responda: “Deus sabe o que está fazendo”. A questão não é que seria errado entender o que nos acontece, mas que devemos nos contentar com a resposta que nos foi dada pelo Senhor, de que Ele sabe como reger a vida de Seus filhos, de que Ele não precisa de conselheiros.

Ele é sábio e controla tudo o que acontece no Seu mundo e, para o nosso bem, é bom que nos apeguemos a essa verdade. Que nos empenhemos mais em obedecer a Sua vontade revelada em Sua Palavra do que em tentar entender Seus desígnios misteriosos. Ele quer que confiemos n’Ele!

Sonaly Soares
_____________



Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Receba nossas postagens