É necessário perder para ganhar

Perder. Ficar sem a posse de algo. Deixar de ter alguma coisa útil, proveitosa ou necessária. Sofrer prejuízo, dano. Não ganhar. Não importa a definição que tenhamos para esse verbo, geralmente o associamos a um aspecto negativo e desagradável. O interessante é que a associação que a Bíblia faz em alguns contextos revela exatamente o contrário. O Senhor Jesus Cristo ensinava aos seus discípulos que:

 

"Quem quiser salvar a sua vida a perderá; e quem perder a vida por minha causa, esse a achará. De que adiantará uma pessoa ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará uma pessoa em troca de sua alma?" (Mt 16:24-26)

 

Na linguagem do Reino, quem perde na verdade ganha, e quando se leva em consideração o que é prometido, não restam dúvidas de que é infinitamente maior e sem comparação a qualquer coisa que se possa deixar de lado. Os discípulos certa vez indagaram ao Mestre sobre o quanto haviam "perdido" tudo pelo Senhor, e Ele os responde:

 

"Em verdade lhes digo que não há ninguém que tenha deixado casa, mulher, irmãos, pais ou filhos, por causa do Reino de Deus, que não receba, no presente, muitas vezes mais e, no mundo por vir, receberá a vida eterna." (Lc 18:29-30)

 

Essa é a linguagem paradoxal que a Bíblia utiliza. É sobre perder para ganhar. É sobre morrer para viver. Quem acha que está ganhando sua vida na verdade a está perdendo, e que grande perda será, porque estamos falando em um contexto de eternidade. É um dano eterno. Que nunca acaba. "Que dará o homem em troca de sua alma?" Absolutamente nada. Não importa o quanto de dinheiro, fama ou sucesso ele tenha, não importa o quanto seja inteligente, ou o quão bom tenha sido em sua vida. Nada pode remediar a perda que um homem terá por não considerar o valor eterno de sua alma.

 

Ao contrário disso, quem perde sua vida, embora que por um curto período de tempo tenha que sofrer por renunciar a si mesmo, seus prazeres e vontade para seguir o Mestre, ganhará um bem incomparavelmente superior, que ninguém poderá tomar dele, que não se deteriora com o tempo e que é capaz de compensar qualquer dano sofrido.

 

O que precisamos perder? Nossa razão de sempre acharmos que sabemos o que é certo. Nossa vontade de seguirmos nosso caminho da nossa maneira. Nossos desejos pecaminosos e egoístas, centrados em nós mesmos e em nossa própria glória. Nossa inclinação natural de desobedecer às leis de Deus e de buscarmos prazer em outros lugares. Nossa busca por afirmação nas pessoas, coisas ou em nós mesmos. Precisamos mortificar todos os dias o que é mundano em nós para termos mais Dele.  Seguir a Jesus implica em morrer. É a morte que precede a coroa.

 

Um dia Ele abriu mão de tudo por nós. Ele não hesitou por causa do que iria perder quando veio até o mundo, se encarnando em figura humana e passando por todas as limitações que isso acarretaria. Ele renunciou a Sua glória. Ele renunciou tudo o que lhe era devido para no final sofrer como um malfeitor e maldito. Desprezado e humilhado foi até o fim, em obediência até a morte, e morte de cruz (Fl 2:5-8).  

 

Quando olho para Jesus Cristo e seu exemplo me envergonho de mim mesma por considerar com pesar que estou perdendo algo para ter a Ele. É claro que toda perda será dolorosa, mas nada se comparará ao que Ele passou, e por mim, sem merecer, por causa de meus pecados. Quando Ele me pede que eu deixe algo por Ele, que importa o que seja? Pois sempre valerá a pena.

 

"O Reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido no campo, que um homem achou e escondeu. Então, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo." (Mt 13:44)

 

Esse homem abre mão de tudo o que tem, transbordante de alegria, por considerar a preciosidade do que estará adquirindo. Ele não pensa duas vezes. Ele não deseja voltar atrás. Ele se arrisca por inteiro e compra aquele campo porque tem a absoluta certeza de que vale a pena.

 

O que você tem medo de renunciar? Você está disposta a perder se necessário for por Jesus? Será que Ele é visto como o tão precioso que é em sua vida a ponto de você abrir mão de qualquer coisa por Ele? Que peçamos ao Senhor que Ele se revele mais e mais a nós para que O apreciemos e O amemos de tal maneira que O consideremos mais valioso do que qualquer coisa que possamos perder. Concluo com um trecho de uma canção que aprecio muito e que tento viver a cada dia:

 

"Meu coração e carne podem falhar

A terra abaixo de nós se findar

Mas com meus olhos, com meus olhos

Eu verei o Senhor

Exaltado naquele dia

Eis o Cordeiro que foi morto

E eu saberei que cada lágrima valeu a pena

 

E ainda que você me mate

Ainda o louvarei

Ainda que você tire coisas de mim

Eu bendirei seu nome

Ainda que você me arruíne

Ainda o adorarei

Cantarei àquele que é tudo o que eu preciso.

 

Ainda que hoje eu esteja chorando

'Passe de mim esse cálice'

Você ainda é mais do que eu preciso

Você é o suficiente para mim."¹

 

Thayse Fernandes

___________________

¹ Though You Slay Me, Shane Barnard. Tradução disponível em: https://voltemosaoevangelho.com/blog/2019/06/uma-musica-para-o-sofrimento-com-john-piper/

 

 

 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.