Acesso extraordinário



Em meio a tantos entretenimentos de nossa era digital, tem se tornado mais difícil concentrarmos nossa atenção e dedicação ao Reino espiritual. São tantos "amigos" virtuais, número de curtidas, notificações instantâneas, comentários, memes, lives e outras coisas pelas quais estamos rodeadas, que me pergunto se conectar-se a Deus tem sido de fato o mais importante em nossas vidas. Em nenhum momento desejo anular a utilidade que as redes sociais e a facilidade de comunicação têm em nosso tempo, apenas quero parar um pouco e refletir se estou vivendo pelo o que realmente importa e te convidar a fazer o mesmo.

 

O Senhor Jesus nos ensina através da Sagrada Escritura que buscar a Deus deve ser a nossa prioridade (Mt 6:33), que precisamos orar sem cessar (Mt 26:41, Mc 14:38), examinar as escrituras (Jo 5:39) e estar no "lugar secreto" (Mt 6:6). Se Ele nos disse isso, então devemos buscar fazer. Primeiramente porque Ele sabe o que é melhor para nós, e como um Deus gracioso que é, nos orienta como filhos e filhas amadas. Segundo, porque disto depende a nossa vida!

 

O Senhor Jesus não apenas nos disse o que deveríamos fazer, mas também nos proporcionou todos os meios para fazermos o que Ele deseja.

 

"Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Lugar Santíssimo pelo sangue de Jesus, por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo." (Hb 10:19-20)

 

Na antiga aliança, o acesso ao lugar Santíssimo ou Santo dos Santos era excepcionalmente restrito ao sumo sacerdote, que entrava uma vez por ano, em uma data pré-estabelecida, de uma maneira altamente prescrita por Deus e com um objetivo:  rogar ao Senhor pela reparação dos pecados do povo de Israel cometidos durante todo o ano. Havia um véu que separava o acesso ao lugar santíssimo, e ninguém, absolutamente ninguém, poderia ultrapassá-lo a não ser o sumo sacerdote da forma descrita acima.

 

Quando a Bíblia diz que temos plena confiança, ou como em outras traduções, ousadia, é porque através do sangue de Jesus todos que estão n’Ele, sem exceção, possuem acesso, não a um templo humano com a presença de Deus representada através de uma arca, mas ao trono da graça, diante do próprio Deus, em qualquer dia, lugar ou hora. Isso é sobremodo assustador! Pecadores podem entrar no Santo dos Santos, não oferecendo sangue de animais, mas por causa do sangue do próprio Filho de Deus. Pecadores podem ser aceitos a despeito de todas as suas falhas e imperfeições cometidas diariamente contra Ele e obter perdão. Não sem preço. Custou o sangue inocente de Jesus, elevado preço que jamais conseguiríamos pagar. Não de todo jeito:

 

"Assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e os nossos corpos lavados com água pura." (Hb 10:22)

 

Deus deseja, antes de tudo, que nos aproximemos Dele com sinceridade de coração, expondo o que realmente somos, pois Ele conhece tudo acerca de nós. Ele sabe de tudo o que precisamos antes de O pedirmos (Mt 6:8). O Senhor nos sonda e conhece como ninguém (Sl 139:1-6), dessa forma, podemos expor nosso coração em sinceridade a Ele e confiar que nada que dissermos irá O impressionar como se Ele já não soubesse. Além disso, precisamos nos aproximar Dele com plena convicção de fé, crendo e confiando que Ele é real, poderoso e gracioso, e que nos receberá de braços abertos, se sobre nós estiver a pureza que Jesus nos outorgou através de seu sacrifício. Podemos ter a consciência purificada e o corpo lavado somente por causa Dele e, por isso, Deus nos recebe.

 

O Senhor nos aceita como somos, mas não de todo jeito. Submeter-se a Ele significa ser transformado. Ele merece o melhor, e não exige nada menos que isso. Precisamos a cada dia ofertar nossas vidas com excelência, como um sacrifício de amor, com sinceridade, fé e santificação, estando certas de que temos ousadia para entrar em Sua presença. Ele nos deu essa liberdade espantosa, temos acesso ao Santo dos Santos!

 

Como temos aproveitado tal acesso? Temos permitido que os atrativos desviem o nosso foco ou estamos conseguindo balancear nosso tempo de modo que a comunhão com Deus não deixa de ser nossa prioridade? O Senhor nos convida a refletirmos e a ajustarmos nossas vidas perante Ele. Não importa o momento em que você parou, Ele está te dando uma nova chance de recomeçar. Nossos momentos com Deus nunca são momentos desperdiçados, na verdade, é a melhor forma de gastarmos nosso tempo. Isso reflete um pouco da eternidade, onde estaremos com Ele para sempre, sem nenhum desvio de atenção, sem nenhuma tecnologia humana que nos distraia, e Ele ainda continuará sendo tudo o que precisamos. 

 

Thayse Fernandes


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.